Sign In

Saiba como nascem os novos motores Firefly


Por dentro da novíssima fábrica de motores da FCA, onde são fabricados os modelos globais Firefly 1.0 e 1.3

30 de setembro 2016 - Até chegar ao carro e ganhar as pistas, os motores da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) passam por um moderno processo de manufatura, que envolve 186 robôs de alta performance e dois mil profissionais especializados. Na nova fábrica de motores FCA – a mais moderna do grupo no mundo – instalada no Polo Automotivo FCA, em Betim (MG), as máquinas trabalham em ritmo intenso, produzindo os motores da nova família Firefly 1.0 e 1.3 com agilidade e um elevado padrão de qualidade.

A linha tem capacidade de fabricar 40 mil propulsores por ano. Ela engloba todas as etapas – desde o desenho do projeto até a usinagem, da montagem até as checagens finais, tudo interligado a uma central de gerenciamento. Cada peça é 100% checada em todas as fases e a tecnologia de ponta garante a rastreabilidade dos componentes, reforçando a confiabilidade do produto final.

Confira o vídeo e fique por dentro do funcionamento da moderna fábrica de motores da FCA e da nova família global de motores Firefly 1.0 e 1.3.


Texto: Ricardo Alexandre

Fotos: Divulgação

Histórias Relacionadas

A FCA bate o carro para proteger a sua família

Read More

Tratar lesões é coisa do passado. A onda agora é evitar que aconteçam!

Read More